Aglomerado na Cozinha – Receita: Iogurte Caseiro (“Danoninho falso”)

Estamos estreando nossa nova seção “Aglomerado na Cozinha”. Uma seção que, a princípio, vai trazer dicas e receitas simples, ótimas para quem não leva jeito (ou acha que não leva) na cozinha, mas que, claro, também podem ser usadas/aproveitadas por quem já tem prática no assunto.

Se com o tempo as receitas e dicas vão ficar mais sofisticadas? Quem sabe… é um caso a se pensar…

Para começar, uma receita de algo muito gostoso e que é mais fácil de fazer que andar pra frente: iogurte caseiro ou, como também é chamado, “Danoninho falso”. A coisa é tão moleza de fazer que nem ao fogo vai. Você só precisa (além dos ingredientes, claro!) de um liquidificador.

Aliás, essa é uma ótima receita para os solteirões de plantão levarem pra “reuniões familiares” (como churrascos, aniversários, Natal, etc.) e deixar a galera espantada e sai mais barato que comprar uma torta. (É melhor ainda de se fazer pra comer sozinho…).

Ingredientes:

– 02 caixinhas de creme de leite (de sua preferência, mas de marca boa);

– 02 copos de iogurte natural (preferencialmente de 200g cada, podendo ser com copos de 180g ou 160g, mas vai render menos);

– 01 lata (ou caixinha) de leite condensado;

– 01 pacote de refresco sabor morango (a receita original sugere usar a marca Tang, mas se você não encontrar, outra marca deve servir… mas marca de boa qualidade, né, aqueles do tipo 5 gramas de pozinho fazem 10 litros de suco e que tem gosto de açúcar puro não vai dar muito certo…).

Como fazer:

Bote todos os ingredientes no liquidificador e bata por cerca de 1 minuto. Como os ingredientes são meio chatos de misturar, você pode querer botar todos (menos o refresco), bater por cerca de 40 segundos a 1 minuto (fazendo uma espécie de iogurte doce, mas sem sabor) e depois acrescentar o refresco e bater por mais uns 30 segundos (ou mais um pouco).

Depois disso, bote num pote COM TAMPA (ou vários potinhos) e leve à geladeira. A receita, se conservada adequadamente na geladeira, pode durar 1 semana (ou até um pouco mais) sem estragar.

Incrementando e variando a receita:

Você pode, se desejar, decorar o iogurte com a fruta natural ou ainda bater a fruta juntamente com os demais ingredientes (e se você não é muito chegado(a) à “química”, pode até substituir o refresco pela fruta de sua preferência).

Se você vive de bem com a balança pode, ainda, colocar um pouco calda (daquelas do tipo que se bota em sorvete) no pote onde for servir o iogurte antes de botar o iogurte lá.

A receita admite variações, trocando o sabor do refresco usado (ou a fruta usada, se você assim prefere). Alguns sabores que são naturalmente mais suaves (como maçã, por exemplo) podem demandar 1 pacote e meio de refresco para que a receita fique com o sabor “no ponto certo”.

Bom proveito!

Rafael-san

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *