As artes dark de Epic Mickey

Eu bato e continuarei batendo na tecla de que os videogames precisam amadurecer suas dinâmicas e pensar como um todo. Não apenas como um periférico de diversão, mas em um meio de aprofundamento cultural / social / intelectual, em outras palavras, na inserção dos jogos na categoria de “arte”, assim como o cinema, a fotografia, a música e o teatro. Atualmente, nos deparamos com jogos que ultrapassam as barreiras do simples entretenimento e nos oferecem um contéudo muito mais amplo e apreciável que simples combinações de botões, presenteando nossos olhos com boas doses de elementos visuais, é assim que com série principal de Final Fantasy (mesmo que a dinamica e história não nso agrade tanto quanto antigamente), Okami, Deus EX, Assassins Creed e L.A. Noire. Não seria diferente num jogo que leva o carimbo da maior empresa criadora de magia e encantamento: a Disney, claro!


O jogo pode não ter sido lá essas coisas (passou despercebido por MUITA gente), nem ter sido muito inovador, mas todo o conceito gráfico por trás de Epic Mickey pode ser classificado como arte de primeira qualidade. Boa doses de aquarela misturadas com traços e rabiscos que dão uma sensação muito mais orgânica ao game. Não podemos esperar nada de diferente se tratando de um produto Disney.


Abaixo, algumas artes que estão na compilação de trabalhos Art of Epic Mickey, que foi lançado a pouco (apesar do lançamento do game ter acontecido ano passado) . No artbook, além de pencas de imagens das artes conceituais, esboços e modelsheets, é possível ler muitas informações sobre o processo de criação, vindas do designer Warren Spektor.

Se você gostou das imagens e gostaria de, sei la, conseguir o book, pode encontrar com o MEGAAA desconto aqui.

Fonte: Kotaku

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *