Stop The Virgins: A psycho opera de Karen O

O projeto que mistura rock, dança e teatro, Stop de Virgins é a mais nova empreitada da divônica Karen O, frontwoman do Yeah Yeah Yeahs. Uma “psycho opera” criada pela própria cantora, há seis anos.

O projeto não tem um estilo de espetáculo definido. Mistura um pouco da dramaticidade da ópera, dos sketches de um musical, performances como um espetáculo de dança contemporânea, mas tem um ar sombrio, revoltado e agressivo muito próprio, que o afasta de todos esses rótulos.

A partir do momento que Karen se juntou ao designer de criação K.K. Barret (que trabalhou em filmes como Onde Vivem os Monstros, Maria Antonieta e Quero Ser John Malkovich), com o diretor Adam Rapp (Estranha Família e Blackbird) e a estilista e figurinista Christian Joy (estilista de Karen O, aliás) o trabalho começou a ganhar forma.

De acordo com a própria Karen, o projeto é “um ataque às trágicas alegrias da juventude, delírios de febre encharcados de sedução visual, um feitiço catártico prolongado através de um ciclo de nove canções”. O espetáculo foi bastante elogiado pelo genial guitarrista do Yeah Yeah Yeahs,  Nick Zinner “É diferente de tudo que já vi e ouvi. Vai mexer com a cabeça das pessoas.”

A primeira apresentação rolou dia 12 de outubro e foi bastante elogiada.  Atualmente o espetáculo está em cartaz no St Ann’s Warehouse, em Nova York. Se você gostou do material e gostaria de ouvir algo sobre o espetáculo, ouça a balada Duets, cantada por Karen O e Jason P. Grisell.

Fonte: TecoApple e The Creators Project

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *