Saves de PS2: Conserte os Corrompidos, faça Backup no Pen Drive e Jogue com os Baixados da Internet

1- Historinha (Introdução):
Há uns dias atrás estava eu a jogar Ar Tonelico 2: Melody of Metafalica quando assisti a uma série de eventos de desenvolvimento de história. Foi cerca de 1 hora direto em várias cenas seguidas. Findas as explicações do jogo sobre vários fatos, fui salvar e eis que o jogo simplesmente disse não haver Memory Card no PS2. Fiz algumas tentativas e nada.

Cheguei a botar meu outro Memory Card, mas ele não tinha espaço o suficiente para salvar o jogo (sim, esse foi detectado). Já conformado em perder o meu progresso, desliguei o videogame, abri a tampa e religuei o console para ver o que havia com o Memory Card. Ambos os memorys foram reconhecidos, aproveitei pra apagar uns saves velhos do meu memory antigo e fui fuçar o Memory que tinha o save de Ar Tonelico 2. Aproveitei a caçada para ir apagando uns saves de jogos que nem eu lembrava que tinha jogado, mas não obtive sucesso em localizar o save do AT2… mas o que eu não esperava achar mas achei foi uma entrada que dizia “dados corrompidos” (corrupted data). Adeus, 44 horas de AT2… com raiva, apaguei os dados corrompidos (besteira detected) e dei New Game, mas enquanto passava a introdução fui caçar como se fazia backup de saves e coisas assim, para evitar passar novamente por isso. Como achei muitas informações espalhadas e algumas até confusas (outras somente em Inglês), resolvi juntar aqui algumas das coisas mais interessantes/úteis e que não exijam nenhum conhecimento específico por parte do jogador.

ps2_logo

2- Os tutoriais (Desenvolvimento)
Bom, antes de começar a falar dos itens do título, vamos primeiro falar de uma ferramenta necessária: o uLaunchELF. O uLaunchELF é uma ferramente não oficial que serve pra rodar aplicativos para PS2. Quem já usa o PS2 como media center ou já tentou fazer backups e tranferências de dados no PS2 deve conhecê-lo. Você irá precisar dele para fazer o backup de saves do seu Memory Card no Pen Drive. Se você, como eu, não quer ter o trabalho de montar o CD/DVD/whatever (porque o uLaunchELF pode ser lançado até do Memory Card, se você souber como) para usar, pode baixar uma ISO para CD ou DVD. Se você sabe montar, faça como preferir. De qualquer maneira, acesse: http://www.sksapps.com/index.php?page=launchers.html e baixe a versão mais recente que te interessa (no meu caso, que queria uma ISO de DVD, foi a versão 4.37). Grave o CD/DVD (dependendo do caso) e vamos em frente:
EDIT (21/03/2012): Antes de continuar, acho que vale aqui citar (e responder/comentar) um e-mail enviado pelo nosso leitor “eduardogames2”:

No tutorial do uLauchELF na Playstation2, convinha dizer que ela necessita de ter o Chip Matrix e que de outra forma não lê nada disso. Se estiver errado me respondam [editado], explicando se o der para fazer sem tal ChipMatrix.

Eduardo, sua assertiva está parcialmente correta. Você precisa de algum modo de fazer o PS2 carregar coisas que não seja jogos originais (backups, programas diversos -como o uLaunchELF…). O chip Matrix é um desses modos, talvez o mais comum (e, por isso, você não deixa de estar certo), mas outros métodos de desbloqueio (ou outros chips, que é o caso do PS2 que eu tenho e que roda o uLaunchELF) também funcionam. Se você, portanto, conhecer outra maneira de fazer o PS2 rodar backups ou outros programas que não jogos originais, essa maneira deve funcionar para carregar o uLaunchELF.
Fim do EDIT.

Fazendo Backup dos seus saves do Memory Card para um Pen Drive
O Pen Drive não precisar ser especial nem passar por nenhum processo “diferente”. Há quem usou até o MP3/MP4 player para testar o macete e disse que funcionou. E não será necessários nada além do já citado uLaunchELF para o backup, apenas iremos usar uma função dele mesmo (o File Browser) para fazer o backup.

1 – Espete seu Pen Drive no PS2 e dê boot no uLauchELF (se você montou-o em CD ou DVD, basta botar o disco no PS2 e ligá-lo). Na tela cinza que aparece após o boot (ignore a mensagem de erro no alto da tela), você pode configurar os botões para usar as várias funções do uLaunchELF, mas apenas para fazer backup dos saves isso não é necessário. Dê foco na opção FileBrowser (use o direcional para marcá-la em vermelho) e aperte o botão círculo (ou bola, como preferir chamar). Deverá aparecer uma tela com algumas opções, como:
mc0:/ – Memory Card no Slot 1.
mc1:/ – Memory Card no Slot 2.
hdd0:/ – HDD. (não necessariamente presente)
cdfs:/ – Unidade óptica do PS2.
mass:/ – Dispositivo USB. (provavelmente seu Pen Drive)
host:/ – Rede. (não necessariamente presente)
MISC:/ – Programas úteis (ou não) do uLaunchELF.

2 – Uma vez dentro do FileBroswer (exatamente onde você está), o botão círculo serve para escolher uma opção/entrar no dispositivo ou numa pasta, o “X” seleciona um arquivo e triângulo volta uma tela. Navegue usando o direcional e entre no Memory Card onde estão os saves a serem “backupados”. Não se assuste com a nomenclatura que você verá. Aperte L1 para abrir um menu e aperte “quadrado” para escolher a opção “GameTitle + Details” e, em seguida, aperte triângulo para fechar o menu. Pronto. Agora você deverá se achar. Navegue entre os saves usando o direcional e selecione os que você quer copiar usando o “X”. Aparecerá um asterisco (*) -ou algo parecido com um- indicando que o save foi selecionado. Se você quer fazer um backup geral do Memory Card, aperte “quadrado” para selecionar todos os saves. Após escolher qual(is) você vai querer copiar, aperte R1 para abrir um Menu e escolha Copy. Uma mensagem deverá aparecer no alto da tela (Copied to the Clipboard).

3 – Navegue até o Pen Drive (mass:/). Se não quiser misturar alhos com bugalhos e não tiver criado uma pasta de antemão no Pen Drive, você pode fazê-lo agora (se desejar, claro). Para tal aperte R1 e escolha a opção New Dir, nomeie o diretório usando o teclado virtual quer aparecerá e dê OK. De qualquer forma, para completar o processo, aperte R1 e escolha a opção PsuPaste. Essa opção faz com que a estrutura dos saves não seja modificada, então lembre-se sempre de usar essa opção.

Para restaurar os saves é só fazer o caminho inverso: copiar a partir do Pen Drive e colar (opção Paste) no Memory Card. Essa dica é boa tanto para fazer backups de segurança (para evitar problemas com Saves corrompidos ou com panes no Memory Card em si) quanto para guardar aquele save “completo” de um jogo que você já jogou até o final e virou de cabeça pra baixo e não quer perder as “conquistas” para o caso de bater uma saudade.

Uma aplicação direta do Backup é a criação de um “Memory Card infinito”. Contando que você pode descarregar seus saves do MC pro Pen Drive e daí pro PC e e então backupá-los pra outros cantos (ou armazená-los no seu HD mesmo), sempre vai lhe bastar ter um único Memory Card funcionando, até porque toda a operação de tranferência de saves (exceto você esteja “backupando” o Memory inteiro) não levará nem dois minutos do “power on” no PS2 até o “pronto, já posso botar o CD/DVD do jogo”.

Consertando Saves Corrompidos
Esse tutorial foi baseado num post no fórum do Blackcats-games que por sua vez foi baseado num tutorial do Johhny em http://johnnys-epitaph.com/fixursaves.html
A tradução e adaptação e encheção de linguiça para o português é de minha <strike>culpa</strike> responsabilidade. Vale ressaltar que NEM TODOS OS SAVES CORROMPIDOS PODEM SER CONSERTADOS.

O que será necessário: o uLaunchELF pronto para ser usado e um Memory Card com o(s) save(s) corrompido(s) e mais o dobro, em espaço livre, do espaço ocupado por esse(s) save(s).

Nos conta o autor que, quando ele foi carregar um jogo que até a noite anterior ao evento narrado funcionava perfeitamente, ele recebeu a mensagem de save corrompido. Quem já recebeu uma sabe que não é muito agradável. Após um monte de texto inútil, ele nos conta que teve a ideia de checar os saves usando o File Browser do uLaunchELF (que você viu como usar no tutorial acima) e percebeu, ao comparar com saves não corrompidos, que dois arquivos (ICON.SYS e SP_1.ICO) do save corrompido registravam ZERO de tamanho (na prática, isso quer dizer não havia nenhum dado neles) e que isso não era o normal. Segundo ele, o SLUS (arquivo principal do save) estava intacto. Ele então fez backup do save corrompido e iniciou um novo jogo, deixando o auto-save criar um save inicial (se seu jogo não tem auto-save, apenas jogue até o primeiro momento onde você possa salvar para criar um novo e saudável save). Nesse novo save, todos os arquivos terão tamanho maior quer zero. Bom, acho que a galera antenada já sacou: a coisa a se fazer agora é se retirar (fazendo backup antes ou não) o arquivo SLUS do save novo e colocar em seu lugar o arquivo SLUS do save corrompido.

Se por acaso for o arquivo SLUS que tiver corrompido, um novo e excitante New Game o aguarda… =/
NOTA: O nome do arquivo principal do save continha a expressão SLUS por ser um jogo americano, sendo de outra região, a sigla mudará.

Jogue com Saves baixados da Internet
Você está com aquele excelente jogo de luta que tem 2,16 x 10²² personagens disponíveis pra jogar, mas 97% deles vêm “travados”. Você quer bater aquele contra com a galera e não tem saco de cumprir aquelas condições ridículas para destravar os “secretos”. Afinal é bem “serviço de corno” ter que tirar 75% da energia do “chefe” com socos fracos e depois derrotá-lo com um Hyper-Maximum Special nível 5, estourado, que pegue em counter e no canto da tela… para aí você destravar o personagem “A” se você tiver ganho de 1 a 5 Rounds com perfect, o personagem “B” de 5 a 10 Rounds de perfect e o personagem “C” se você tiver enfiado um perfect goela abaixo da IA da máquina em 100% dos Rounds… certo?

Você pode ter coisa melhor pra fazer da vida, mas sempre tem um viciado desocupado pra fazer o serviço. E como o ego dele pesa mais que o Jô depois do almoço, ele vai disponibilizar isso na internet pra você ser grato a ele para todo o sempre (ou não). Mas e aí, ele não disponibilizou o save naquele formato (psu) indicado no 1º tutorial desse post, o que fazer?

Eu ainda não baixei nenhum save da net, mas para quem quiser, eu achei (enquanto pesquisava sobre como fazer backups de saves e coisas assim) um tutorial, no fórum Ovelha Inflável (!?) um tutorial sobre isso, postado pelo usuário Gilberto Moreira (tutorial original disponível em: http://www.ovelhainflavel.com/index.php?showtopic=10734). EU NÃO TESTEI O TUTORIAL, mas se você quiser tentar, segue um Ctrl+C-> Ctrl+V (mas antes uma nota: a versão do ULaunchELF não precisa ser necessariamente a pontada no tutorial, especialmente se você já baixou uma outra):

Transferindo saves baixados para o memory card

Objetivo do Tutorial:

Quando baixamos Saves (em sites como o Gamefaqs por exemplo) eles poderão vir em vários formatos, como o CBS, MAX, etc. Eles precisam ser previamente convertidos para o formato original do PS2 antes de serem enviados ao MC. Em alguns casos, programas gerenciadores como o Codebreaker e Action Replay não funcionam no PS2. Então, a solução é converter os saves no PC e em seguida transferí-los para o MC com um Pen Drive.

Programas utilizados (Download):

1 – PS2 Save Builder
2 – uLaunchElf 4.12 em CD

Principal site em que se encontra saves: GameFaqs

Etapa 1:

Pegue um save em um formato qualquer (.cbs, .max, .xps, etc.) e abra-o com o PS2 Save Builder, vide a imagem abaixo:

Do lado de onde diz “Root / ID”, marcado pela caixa 1, está o nome do jogo. Copie esse nome e crie uma pasta com o mesmo. Depois, clique com o botão direito em cada arquivo do save (marcados pela chave vermelha), clique em “Extract” e selecione o diretório que você acabou de criar.

Sua pasta ficará da seguinte maneira:

Coloque essa pasta em um pendrive ou um dispositivo USB qualquer.

Etapa 2:

Após ter gravado o LaunchElf, coloque o CD no PS2 e a tela inicial do programa aparecerá. Conecte seu pendrive em qualquer uma das entradas USB do PS2. Você verá claramente uma opção:

O : Filebrowser

Aperte O e você irá a outra tela, que conterá as seguintes opções (não todas, apenas as que eu lembro e, é claro, as necessárias):

mc0:/ <– Memory Card do slot 1
mc1:/ <– Memory Card do slot 2
cdfs:/
hdd0:/
mass:/ <– Dispositivo USB conectado

Na parte inferior da tela, o programa te diz o comando que cada botão do controle executa.

Selecione o diretório mass:/ apertando O. Encontre a pasta do save e aperte X para selecioná-la (aperecerá um * do lado dela), após isso, aperte R1 e selecione “Copy”.

Aperte / para voltar e vá ao diretório mc0:/, aperte R1 e selecione “McPaste”.

Pronto, agora basta rodar o jogo.

DICAS:

* Sabemos que para o Save funcionar, é preciso que ele seja da mesma versão do jogo. Exemplo: Se o jogo for Americano, o Save deve ser Americano; Não pode ser Europeu ou Japonês.

Pra ver se o save baixado corresponde com o jogo:

– Todos os saves tem um conjunto de letras que indica a região do jogo. Exemplo: BESLES, BASLUS, BASCUS, BASCES, BISLPM, etc. Os terminados em ES são europeus, US são americanos e LPM japoneses. Existem outros.
– Pegue o disco do jogo, coloque no drive do PC abra-o. Haverá um arquivo grande, com quatro letras e um número, cujo nome deverá coincidir com as quatro últimas letras do nome do save. Exemplo: SLUS_211.15, SCES_517.19, etc.

* No UlaunchELF, a visualização padrão é confusa para com os Saves, não aparecem os nomes certos. Há uma maneira de de tornar a visualização mais “amigável”:

– Pra visualizar as pastas com os nomes dos jogos: Entre no MC e aperte L1 (aparecerá um Menu), em seguida Quadrado (Game Title+Details) e Triângulo.

Fim do tutorial… =P
3- Que bicho que deu? (Conclusão):
Eu testei os dois primeiros macetes. O último eu não sei se funciona (porque eu não testei). Os dois primeiros funcionaram, mas como eu não tinha (mais) um save corrompido, eu fiz uma “transfusão de dados” entre dois saves em MC’s diferentes, do mesmo jogo e com tempos de jogo diferente. Transferindo o SLUS do save com mais tempo de jogo para o com menos tempo e carregando o jogo a partir do “transplantado”, o jogo carregou de boa (e como se eu tivesse carregado do save mais adiantado), aceitou salvar direitinho e não deu zebra… aliás, até hoje eu jogo Ar Tonelico 2 a partir dele…
Boa diversão!

Rafael-san, O Enxugador de Gelo

PS: A quem interessar, o supracitado fórum, Ovelha Inflável, tem mais tutoriais pra PS2 e outros conteúdos que podem ser do seu interesse. Provavelmente vale uma visita.

Comments

  1. Responder

  2. By Matheus

    Responder

  3. By DuDoG

    Responder

  4. By adriano

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *