Painel Rio ComiCon: Guido Crepax

…E que nerd que se preze, que gosta de quadrinhos e de erotismo, nunca ouviu falar das histórias de Valentina? O responsável por esse ícone do quadrinho adulto italiano, vai ser homenageado na próxima edição da Rio ComiCon, no final do mês. Estou falando de Guido Crepax, um mestre de um erotismo sofisticado que influenciou muito mais que o mundo das HQs.

Louise Brooks

As mulheres de Crepax são fortes, decididas, independentes, sensuais e maduras. Valentina é a maior personagem feminina dos quadrinhos eróticos, sendo influência para muitos outros artistas e ultrapassando os limites da nona arte. Nas curvas de Valentina era possível enxergar como a mulher estava evoluindo e transformando o mundo à sua maneira de pensar. Vale lembrar que a principal inspiração para a criação da personagem foi a atriz norte-americana Louise Brooks, musa do cinema mudo, estrela de filmes como “A Caixa de Pandora” e “Diário de Uma Garota Perdida”. À partir do astronômico sucesso de Valentina, Crepax ilustrou importantes obras da literatura adulta, como Emmanuelle, Anita, Justine, Conde Drácula e Frankenstein.

Para homenagear esse grande nome dos quadrinhos, a Rio ComiCon fará a exposição “As Filhas de Guido Crepax”,  mostrando a arte e o ponto de vista mais familiar em suas obras, pelos olhos de sua filha, a estilista Caterina Crepax. Além de toda importância da obra de seu pai, Caterina irá debater sobre a influência dos quadrinhos no mundo da moda, sabendo que o próprio crepax foi bastante influenciado pela moda nas décadas de 60 e 70 para compôr o visual de Valentina.

É uma homenagem muito justa, considerando que a principal atração da Rio ComiCon no ano passado foi o, também artista erótico, Milo Manara, discípulo direto de Crepax.

No decorrer dos dias, mostraremos um pouco de cada uma das principais atrações presentes na segunda edição da Rio ComiCon. Fique ligado e confira!

No Responses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *