Review: Batman Eterno N° 0 – Panini

Vamos conferir como foi o número zero desta Mega Saga!

Eterno 0 Estou totalmente vendado quanto as HQs mensais de Heróis. Não sei absolutamente nada que ocorre em nenhuma franquia desde o fim dos anos 90, quando parei de acompanhar. Leio apenas os encadernados fechados com sagas clássicas e algumas novas, e ainda sim, a maior parte são da linha Vertigo.

Maaasss… a Panini resolveu encarar um desafio… e eu por conta disto, vou ver no que vai dar embarcando junto (não sei até quando, rss)!

A editora resolveu lançar a saga Batman Eterno aqui no Brasil… do mesmo modo que saiu (e ainda está saindo) nos EUA, ou seja… SEMANALMENTE!!!

Uma atitude inovadora aqui no país! Resta saber se vamos ter esta periodicidade cumprida mesmo, visto que a editora atrasa vários títulos mensais.

Fato é que nós temos uma edição Zero, que não foi lançada desta forma lá fora, pois a micro história que contém nesta edição Nacional esteve presente em Batman 28 americano.

A saga Batman Eterno chegou em 2014 para comemorar os 75 anos da criação do Morcegão, e tem o intuito de durar um ano, com 52 edições no total, terminando em Abril de 2015. A trama é escrita por Scott Snyder juntamente com Tim Seeley, Ray Fawkes e James Tynion IV. Os desenhos estão por conta de Jason Fabok, Dustin Nguyen, Andy Clarke e mais uma galera.

Aqui no nosso país começamos em Janeiro de 2015, com uma edição Zero custando R$ 2,90. As próximas terão o valor de R$ 3,50. Todas com 28 páginas.

Então, trago a vocês algumas imagens da edição Zero, e um pouco sobre o que ví na edição, portanto, a partir daqui teremos Spoiler!

Bom… como escrevi, não sei nada sobre o atual universo dos heróis… na verdade nem quando eu lia sabia direito, pois quadrinhos de heróis sempre foi uma verdadeira zona… por conta disto, muitos personagens que irão aparecer não terei a mínima ideia de quem sejam… mas… vamos ao que temos neste número…

De cara vemos uma menina (Harper Row), sendo abordada por policiais tentando fazer com que ela suma das ruas, pois à um certo tipo de toque de recolher. Mas, depois de sofrer algumas ameaças dos Tiras, ela pronuncia uma frase mágica que faz com que a mesma seja levada a uma boate meio Egípcia. Lá ela espera conhecer o novo chefão de Gotham e com isso pedir ajuda para seu irmão que está doente. Mas questionam a garota indagando que a frase que ela mencionou não era a correta para aquela semana… então ela vai pagar com a vida!! Rsss. Só que não… ela dá um jeito de apagar as luzes, e ao reacender… Batman surge já dando um trato em toda a galera em volta! Logo ele entra em contato com uma outra menina na Batcaverna que lhes ajuda por onde devem prosseguir… neste caminho o Morcego juntamente com Harper Row, cujo codinome é dito como Pássaro Azul, vão enfrentando uma série de seguranças, até surgir a líder do Lugar… Selina Kyle, que aparentemente assumiu o controle do submundo de Gotham. Ela conta que o que Batman precisava era só pedir, sem causar todo este alarde… Selina brinca um pouco com o Morcego antes de mostrar o que ele queria. Ao abrir o local que guarda “a peça chave que poderá ajudar na guerra”… está a Salteadora, a única que sabe como deter o que está por vir! E… termina o número Zero! Rss.

Eterno 0.1

Com um simples Click, Batman surge já detonando os pelegos aí.

Com um simples Click, Batman surge já detonando os pelegos aí.

A cara de Batman ao olhar para a Pássaro Azul é uma comédia, rssss.

A cara de Batman ao olhar para a Pássaro Azul é uma comédia, rssss.

A entrada "triunfal" dos 2 para o arranca rabo!

A entrada “triunfal” dos 2 para o arranca rabo!

Selina Kyle se revela.

Selina Kyle se revela.

E também revela a chave!

E também revela a chave!

Interessante, mas só o tempo dirá se realmente é uma boa história! É só um gostinho do que teremos… afinal, são 28 páginas. Não faço ideia do que virá a seguir, mas estarei conferindo.

Até a próxima!!!

Comments

  1. Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *