Review: Neymar Jr. N°1: Um lançamento… normal

Finalmente Neymar Jr. chega as bancas. Vamos conferir a edição.

1a_CAPA_NEYMAR_JR_001_em_baixa-580x820

Os estúdios MSP trazem novamente uma novidade. Assim como foi com Pelézinho em 1976 e com Ronaldinho Gaúcho em 2006, chegou a vez de Neymar agora em 2013. Houve grande alarde em mídias e finalmente estreou nas bancas no fim de Abril.

Vamos a revista:
Logo da cara, a capa nos mostra o que os estúdios estão fazendo ultimamente… colocando desenhos que nos remetem a história principal da revista, colocando ainda o título da história, o problema é que não tem nada de interessante nela a não ser mostrar os personagens sem contexto nenhum. O traço de Neymar lembra o jogador perfeitamente, só que foge totalmente do estilo do estúdio ( algo que ficou perfeito na criação de Pelézinho ). Mas, com certeza, esta capa irá atrair centenas de crianças, por conta disso, cumpre seu objetivo.

Palavras iniciais de Mauricio.

Palavras iniciais de Mauricio.

Mas, e o conteúdo?
A primeira história “Um garoto de talento”, é a típica história de apresentação de personagens. Somos apresentados, além de Neymar Jr, ao seu Pai, Mãe, Irmã e ao mascote Coelho, tudo de uma maneira bem bobinha, sempre ressaltando a todo momento a vontade de Jr. jogar bola. Como disse, crianças vão gostar.

2 páginas de Um garoto de Talento.

2 páginas de Um garoto de Talento.

Na próxima história, “Hoje tem campeonato”, somos apresentados a um amigo de Neymar… mas não somos apresentados ao nome da figura!? Estranho. Achei um bom personagem, seus traços de rosto lembram bastante o estilo do estúdio e o cabelinho… lembra alguém criado na década de 70 sabe, rsss. Na história, Neymar Jr. e o “figura sem nome”, resolvem jogar bola na praia… mas uns moleques já ocuparam o local para um campeonato de surfe… com isso para conseguirem jogar bola na areia os dois irão “aprontar altas confusões”, rsss. Uma história legal.

Primeira página de Hoje tem campeonato.

Primeira página de Hoje tem campeonato.

Na sequência, a história “Um coelho chamado coelho?!”, nos mostra a irmã de Neymar Jr, Rafaela, cansada de ver o mascote de Jr. com o nome de “coelho”, resolve fazer um concurso para dar um novo nome ao bicho. Neymar descobre e fica chateado… poderia ser interessante se a história não acabasse de maneira boba. Bom… este coelho tem uma cara muito estranha, rsss.

2 páginas iniciais de Um coelho chamado coelho.

2 páginas iniciais de Um coelho chamado coelho.

Após os passatempos… sim, ninguém consegue ficar livre deles, ao menos aqui está em apenas uma página… temos a história “É rapidinho”, onde Neymar deve levar a irmã na casa de uma amiga a pedido de sua mãe. Neymar fica emburrado pois estava vendo uma partida de futebol pela TV, mas mesmo assim resolve leva-la o mais depressa possível para não perder a partida. Mas o caminho reserva “altas confusões”.

2 páginas iniciais de É rapidinho.

2 páginas iniciais de É rapidinho.

A próxima história, “Chutou, quebrou!”, Neymar como sempre, quer jogar bola em todo canto, só que, as bolas altas, começam a causar problemas por onde passe.

2 páginas iniciais de Chutou, quebrou.

2 páginas iniciais de Chutou, quebrou.

A próxima, “Bichos”, Neymar vai brincar com a bola na praia de novo… agora encontrando bichos para pentelhar.

2 páginas iniciais de Bichos.

2 páginas iniciais de Bichos.

A última, “Enquanto a mamãe não vem”, Neymar e seu Pai aproveitam a ausência da mãe para bater uma bola em casa… tocam o terror destruindo o local e tentando consertar, no fim a irmã quem dá uma ajuda pedindo algo em troca.

Primeira página de Enquanto mamãe não vem.

Primeira página de Enquanto mamãe não vem.

A tirinha final brinca com uma famosa música sertaneja, as crianças irão reconhecer.
Bom… resumindo… uma revista em quadrinhos bem infantil, como era de se esperar. Crianças irão gostar ( Tá bom… já disse, rss ).

A revista é listada como sendo de Maio, mas foi lançada no final de Abril. Um detalhe interessante é que aqui também temos os “Arquivos da Mônica”, 2 páginas que contam sobre a criação da personagem. Estes arquivos são divididos em partes publicadas em todos as revistas mensais da turma e atualmente, nas revistas do mês de abril, estamos na parte 2 ( Todas as revistas do mês publicam a mesma parte ). Mas na revista de Neymar Jr. os estúdios resolveram começar do início. Portanto temos a primeira parte em Neymar Jr. 1, e assim por diante.

Agora… depende do público se a Revista continuará viva nas bancas. Com certeza os fãs mais jovens e adultos da Turma da Mônica não irão colecionar, vide também Ronaldinho Gaúcho que todos reclamam. Não existe mais a pegada “Pelézinho”, os tempos mudaram… felizmente para uns ( os pais das crianças que compram ) e infelizmente para outros ( todo o público que curtiu as histórias clássicas ).

É isso aí. Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *