Análise de Risk: Factions

Quem é fã de jogos de tabuleiro conhece o War, jogo em que você tem o objetivo de atacar e defender países dos seus adversários e conquistar o mundo. Lá fora este jogo se chama Risk, e a Hasbro que é detentora dos direitos permitiu que a desenvolvedora Stainless Games fizesse um game baseado nele.

Com a publicação da EA Games, Risk: Factions acaba de ser lançado para PC através do Steam, Xbox 360 e Playstation 3 via download digital. Vamos a analise:

Risk: Factions apresenta duas versões do clássico Risk, a original que todo mundo conhece com as mesmas regras e uma versão atualizada com 5 facções e um planeta fictício.

Essa versão nova é bacana por apresentar objetivos novos e territórios com itens que dão vantagem para o jogador que tem posse daquele terreno. Esses objetivos também tem a função de acelerar o andamento do jogo, visto que ao conseguir aqueles objetivos você conquista a vitória, não sendo obrigado a ter todas as áreas em seu controle.

Explicando resumidamente o jogo para quem não conhece, cada turno tem 3 partes:

Na primeira você recebe uma quantidade de soldados extras para colocar em seus países de acordo com o numero de territórios conquistados. Você ganha bonus se tiver um continente inteiro ao seu comando.

Na segunda, é a parte do ataque, aonde você escolha uma nação sua para atacar a do seu oponente, podendo jogar até 3 dados enquanto seu oponente se defende com até dois dados, o resultado de cada dado é comparado e vai se aniquilando os soldados até não reste nenhum no território atacado ou o agressor desista.

Na terceira parte você pode transferir os soldados de um país para outro somente uma vez para obter proteção na area desejada, e recebe uma carta que pode ser trocada por bônus.

Todas as batalhas se dão através de rolagem de dados, que em determinadas horas irrita, principalmente quando você vê seu exercito com 10 soldados sendo derrotado por apenas um só porque ele está conseguindo um monte de 6, mas essa é a natureza dos numeros aleatórios e não dá para jogar a culpa no jogo por conta disso.

A interface do jogo é excelente, podendo ser jogado tanto com o mouse quanto com o controle com extrema facilidade, as regras também são bem explicadas e com pouco tempo você está totalmente dentro delas.

O jogo conta com um modo multiplayer que pode ser local ou online, em ambas é possível que até 5 jogadores participem da disputa, e essa sem dúvida é a maneira mais divertida para jogar esse jogo.

Se você curte jogos de estratégia pode comprar este sem problemas, divertido e com um modo multiplayer bacana, este jogo irá te divertir por horas a fio sem você perceber. Se quiser testar a Demo você pode baixa-la aqui.

Notas
Gráficos: 8.5
Som: 8.5
Jogabilidade: 9.0
Diversão: 9.0
Prós Contras
+ Gráficos Bacanas Sistema de Rolamento de Dados Irrita –
+ Som Bacana Lentidão nos vídeos dentro do jogo –
+ Interpretação dos Personagens divertida Modo Campanha é Curto –
+ Modo Multiplayer
Nota Final: 8.8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *