Até quando jogos e outras mídias serão perseguidas por políticos ?

Essa semana um projeto de lei recebeu holofotes de vários sites especializados em games. O senador Valdir Raupp criou um Projeto de lei de numero 170/06 que torna crime fabricar, importar ou distribuir jogos de videogames ofensivos “aos costumes e às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos”

A lei absurda gerou tanto mal estar que o senador acabou desistindo da ideia e enviou por meio de sua assessoria o seguinte comunicado oficial a Acigames:

“O senador Valdir Raupp (PMDB/RO) retirou de pauta, em caráter definitivo, o projeto de Lei nº 170/2006, de sua autoria, que objetiva proibir a produção e a comercialização de determinados jogos violentos, ofensivos aos costumes, às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos, que ferem a cultura dos povos e da humanidade. Ele encaminhou ao presidente do Senado Federal, José Sarney, nesta terça-feira (28), requerimento oficializando a retirada do projeto, baseando no artigo 256 do Regimento Interno do Senado.

O que mais me espanta nessa história, e não digo que isso seja exclusividade da área de games, é quanto a necessidade dos políticos de querer controlar o que será consumido por nós. Todos somos adultos o suficiente para julgarmos o que queremos jogar, assistir ou ler, e eles não tem esse direito de censura.

Como indivíduos, meus valores são diferentes dos seus, que são diferentes de outras pessoas, o que é ofensivo a você pode não ser ofensivo para mim, por isso a unica necessidade que existe é que o produto tenha a classificação etária e o tema abordado para assim nós escolhermos se vamos ou não consumi-lo.

Infelizmente políticos que foram eleitos para nos defender mas que ao invés disso tentam nos controlar como um grande gado continuarão existindo, o importante é que todos nós estejamos de olho e não permitam que atrocidades como essa que tirarão nossa liberdade de escolha passem no congresso.

Pois hoje é um jogo que pode ser proibido, depois filmes, músicas e quando abrirmos os olhos estaremos com uma censura igual ou pior do que todos os Brasileiros sofreram no passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *