Brasil Game Show 2010: Sony

A principal empresa do evento mostrou a que veio fazendo um dos maiores stands do evento e uma excelente palestra sobre o mercado de games.

Tive a oportunidade de testar os jogos em 3D, e achei o efeito muito bom, inclusive com vantagens sobre o Nvision da Nvida já que o formato da sony tem o jogo já escrito pensando nesse formato, enquanto a versão do PC transforma jogos “normais” em 3D, ficando muito bons em alguns e esquisito em outros.

BGS_002

DSC03551

DSC03592

O Move também estava lá para ser testado, e este se trata de um Wii bem melhorado, testei um jogo de espada com ele e a sensação de controle é fantástica, com movimentos 1 por 1, ou seja, os objetos na tela respeitam a velocidade, angulação e movimentação da forma como você usa no mundo real.

Na palestra sobre o mercado de games no Brasil, Anderson Gracias, Gerente Geral da Playstation Brasil, falou dos esforços que a Sony está fazendo para mudar a forma como as lojas de eletrônicos no Brasil encaram os videogames, mostrando como eles dão pouco espaço para consoles e games para que possíveis compradores possam jogar e conhecer melhor.

Ele também mostrou algumas soluções para mudar isso, que seriam a criação de espaços com videogames ligados e jogos acessiveis, sendo que esse espaço que custa entre 3000 a 5000 reais seriam dados de graça pela própria Sony as lojas.

Mesmo sendo de graça, as lojas ainda tem uma grande dificuldade de dar tal espaço para os games, algo que esperamos que com o tempo essa mentalidade mude.

Questionado sobre os impostos do Brasil, Anderson Gracias disse que periodicamente os principais executivos da Sony, Nintendo e Microsoft conversam com vários políticos para conseguir mudanças no sistema de impostos que enquadram os videogames como Jogos de Azar, por isso a taxação absurda que os videogames sofrem hoje.

Perguntado sobre o Jogo Justo, ele disse que a Sony apoia o projeto, apesar de dizer que eles não tem uma parceria com o projeto preferindo agir junto com as outras produtoras.

O Produtor também foi questionado sobre a vinda da PSN ao Brasil, e este disse que existe planos, mas não deu datas ou maiores informações sobre isso, apesar de achar que a vinda da Live da Microsoft deve fazer a Sony adiantar os seus planos para que isso aconteça logo.

Devo dizer que fiquei muito satisfeito com a vinda da Sony na feira, inclusive achei que foi bastante honesto o que Anderson Gracias disse na palestra, que é uma pena que ela tenha sido a única grande a ter participado da feira, imagina como teria sido sensacional se a Microsoft e Nintendo também estivessem lá ?

Vamos torcer para que essas duas empresas vejam o exemplo da Sony, que mostrou respeito pelo público brasileiro ao fazer um excelente stand que tinha suas principais novidades em tecnologia para todos os visitantes testarem, e que no ano que vem a Sony volte com a mesma força, desta vez acompanhada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *