Rock in Rio: A fúria do Palco Sunset

E no terceiro dia de festival, após os dois primeiros dias MENOS rock de toda a história do RIR, a Cidade do Rock pode (finalmente) respirar o ar pesado das guitarras!!! Com shows de peso rolando nas duas tendas, o dia 25 terminou com a sensação de que todos os outros dias poderiam ser daquele jeito.

Matanza e BNegão

O som pesado começou no Palco Sunset, com os show do Matanza e B’Negão, conseguindo trazer uma grande quantidade de público para a tenda, num início de programação. Rock, rap e humor! Detalhe para a penúltima música “Estamos Todos Bêbabdos”, que me fez ter momentos bem nostalgicos ambientados em ruas da Lapa…hehehe.

Setlist do Matanza / BNegão:

  1. Remédios Demais (Matanza)
  2. Ressaca Sem Fim (Matanza)
  3. Meio Psicopata (Matanza)
  4. Bom é Quando Faz Mal (Matanza)
  5. A Arte Do Insulto (Matanza)
  6. Carvão, Enxofre e Salitre (Matanza)
  7. Letter To The Censors (Mano Negra)
  8. Qual É O Seu Nome? (BNegão e Os Seletores de Frequência)
  9. A Verdadeira dança Do Patinho (BNegão e Os Seletores de Frequência)
  10. Odiosa Natureza Humana (Matanza)
  11. Clube Dos Canalhas (Matanza)
  12. O Chamado Do Bar (Matanza)
  13. Ela Roubou Meu Caminhão (Matanza)
  14. Eu Não Bebo Mais (Matanza)
  15. Estamos Todos Bêbados (Matanza)
  16. Interceptor V-6 (Matanza)

Korzus

A banda brasileira Korzus e o The Punk Metal Allstars fizeram um show caótico, em todos os sentidos. Muitas frases engajadas de diferentes intenções transformaram tudo que foi dito num grande blablabla. Mas o importante é que o povo gritou mesmo assim e, inacreditavelmente, eles conseguiram o feito de fazer o show mais lotado, na Sunset. João Gordo e BNegão, mais uma vez, apareceram para cantar algumas músicas e…dar uma pinta. Teve o primeiro mega mosh do evento, também…

Setlist do Korzus e TPMA:

  1. Guilty Silence
  2. Truth
  3. Discipline of Hate
  4. Looking For
  5. Never Die
  6. Who’s Going To Be The Next? (com o “Wall of Death”)
  7. Mad Butcher – Destruction cover (com Schmier)
  8. War Inside My Head – Suicidal Tendencies cover (com Mike Clark e Hector)
  9. California Uber Alles – Dead Kennedys cover (com East Bay Ray)
  10. Beber até morrer (com João Gordo)
  11. Correria

Angra e Tarja Turunen ao final do show

Logo após, foi o momentos do prog metal do Angra e do lirísmo da MINHA DIVA EVER Tarja Turunen. É impressão minha ou o Edu Falashi esqueceu de cuspir o esmegma estava com problemas vocais? A voz estava TÃO falhada e caricatural que ele REALMENTE parecia estar ali para fazer cover (ruim) de Massacration. Alguém também precisa avisa-lo que chapinha + wellaton + regatinha + calça e bota de couro a Kate Moss usou em 2005. Já, Tarja Turunen, a dama da música finlândesa e dos vocais femininos no mundo do metal, visivelmente emocionada, mostrou muito bem todo o seu poder vocal (mesmo estando gripada pela 218395612385623465 vez). Destaque para o cover de Wuthering heights, da Kate Bush (que é um cover oficial feito pelo Edu Falachi…aham, bee…). Tarja dividiu com Edu os vocais de Phantom of The Opera e nos fez sentir saudades imensas do Marco Hietala (<3).

Set List do Angra / Tarja:

  1. Intro / Arising Thunder
  2. Angels Cry
  3. Nothing To Say
  4. Lisbon
  5. Intro / Spread Your Fire
  6. Wuthering heights (Tarja Turunen)
  7. Phanton Of The Opera (Tarja Turunen)
  8. Rebirth
  9. Carry On / Nova Era
  10. Gate XIII

Injustiçado Sepultura

O com o passar das horas, o Palco Sunset estava ficando cada vez mais furioso. Com esse pensamento o Sepultura subiu no palco. Sangue nos olhos e muita fúria nos vocais, a banda brasileira dividiu o palco com o Tambours Du Bronx. Injustamente colocados no palco paralelo, quando na verdade deveriam estar no palco principal juntos com outros expoentes do metal. Quem ficou próximos as saídas de som só vai voltar a ouvir normalmente no próximo RIR. Interessante destacar aqui que, enquanto a banda Glória estava no Palco Mundo (WTF?) o Sepultura estava tocando o Sunset. O que vocês acham que acontecem com o público do Glória, hein? Nem preciso dizer…

Setlist Sepultura / Tambour Du Bronx:

  1. Roots Bloody Roots
  2. Choke
  3. Spit
  4. Slave New World
  5. Desperate Cry / Beneath The Remains
  6. Propaganda
  7. Tribus
  8. Attitude
  9. Saga
  10. Troops of Doom
  11. We Who Are Not as Others
  12. Sepulnation
  13. Refuse/Resist
  14. Territory
  15. Arise / Dead Embryonic Cells

E esse foi apenas o Palco Sunset, que está de parabéns e botou pra f@#$% na melhor noite do Rock In Rio, até agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *