Falando em navegadores…

Ontem eu fiz um post mostrando como instalar todas as versões do Internet Explorer em sua máquina, o que é muito útil para os desenvolvedores.

Mas logo depois fiquei pensando, será que é justo nós termos que nos preocupar em fazer um site funcionar perfeitamente num navegador lançado há 8 anos atrás ?! Um navegador que tem um suporte a CSS precário, e quem não consegue ler a transparência de figuras PNG…

Hoje eu me encontro na seguinte situação, quando programo o site para algum cliente, aonde ele tem como objetivo atingir o maior número de pessoas, me vejo na obrigação de tomar este cuidado em manter a página com visualização perfeita em todos os navegadores, e creio que essa situação se perdurará durante muito tempo, visto que o grande público não tem o habito ou conhecimento de atualizar os componentes do Windows, aliás, muitos sofrem de um medo incompreensível quando algo muda em seu sistema, havendo casos de pessoas que após verem o IE7 ou IE8 pedirem para voltar ao IE6, simplesmente por não se habituarem com as novas versões…

Entretanto, quando faço sites para meu uso, como este blog por exemplo, eu simplesmente ignoro os navegadores antigos, e um dos motivos que me faz manter esta política é que o público que visita o Aglomerado possui um perfil diferenciado dos grandes portais, irei exemplificar isto com as estatísticas de acesso deste blog:

Navegadores Usados:

1.Firefox 59.97%
2.Internet Explorer 29.22%
3.Chrome 6.01%
4.Safari 2.69%
5.Opera 1.87%
6.Mozilla 0.10%
7.Opera Mini 0.05%
8.Playstation 3 0.05%
9.Playstation Portable 0.05%

Mais de 60% dos visitantes do Aglomerado usam o Firefox, que é diferente da realidade da maioria dos sites acessados, é claro que isso pode mudar com o aumento de acessos que acontece dia após dia, mas por enquanto esse padrão tem se mantido…

30% acessam através do Internet Explorer, vou mostrar as estatísticas de qual versão é usada:

Versão do Internet Explorer:

1.7.0 62.99%
2.6.0 18.75%
3.8.0 18.09%
4.5.5 0.16%

Felizmente a versão 6.0 está tecnicamente empatada com a versão 8.0, enquanto a grande maioria usa a 7.0, logo posso me despreocupar totalmente com esse navegador, o que para mim é um alívio !

Felizmente, grandes sites como o Youtube e o Orkut, que são consumidas pela grande população, começam a colocar banners indicando que estes sites irão deixar de dar suporte ao IE6, o que nos dá uma esperança de que estes pessoas mudem seus navegadores, e com isso podermos nos livrar de CSS Hacks e outros macetes para que as páginas funcionem perfeitamente.

Para finalizar este post, deixo links para as versões mais atuais dos navegadores mais usados, e mesmo ainda tendo que lidar com navegadores antigos, torço para que num futuro próximo eu não precise mais me preocupar com eles…

Internet Explorer

Mozilla Firefox

Google Chrome

Comments

  1. Responder

  2. Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *