Os 15 melhores trailers de 2009


Produzir trailer é uma arte, tanto quando produzir o filme. Você precisa conquistar os fãs
antes do lançamento, fazendo eles gastarem seus dinheirinhos indo ao cinema (mesmo quando o filme é uma porcaria). Um trailer precisa instigar, causar curiosidade, chamar o público pra assistir, sem entregar toda a história nem as melhores cenas. Abaixo os melhores trailers do ano, segundo Aglomerado News:

Avatar (James Cameron)

James Cameron é um verdadeiro gênio do cinema, e sua atitude em relação a este filme levaria-nos a acreditar que será o trabalho cinematográfico mais ousado desde Senhor Dos Anéis. O trailer fala pouco, mas pra mim tudo é uma grande loucurama. Estreia prevista para dezembro desse ano.

9 (Tim Burton)

Eu sempre digo que quando o assunto é Tim Burton é melhor a gente parar pra conferir, mesmo que seja por curiosidade. Num mundo pós-apocaliptico habitado
por bonecos de estopa, 9 se destaca como uma das melhores animações do ano.

Distrito 9 (Neill Blomkamp)

Os primeiros 48 segundos de trailer fazem você pensar num documentário, com pessoas preocupadas com alguma imigração. Até você perceber: Alieníginas! É com esse enfoque realista que Distrito 9 desponta como um dos melhores filmes do ano e com um dos trailer mais surpreendentes.

Up (Disney Pixar)

http://www.dailymotion.com/swf/x8nmzy&related=0

Pixar tem um dom de transformar uma idéia que parece boba ou mundana em uma obra prima. Eles fizeram isso com um rato e, em seguida, com um robô de vocabulário muito limitado. Agora o tema é a aventura de um velinho sozinho com um escoteiro mega otimista de 8 anos.

Harry Poter e o Enigma do Principe (David Yates)

Um trailer sombrio para uma das versões mais sombrias da franquia Harry Potter. O principal neste trailer foi mostrar que a fantasia do mundo do bruxinho pode transbordar parar o nosso mundo.

Nine (Rob Marshall)

Inspirado no filme 8 1/2 (de Federico Fellini), Nine dirigido por Rob Marshall (Chicago) e é um musical centrado em Guido (Daniel Day-Lewis) um diretor de cinema assombrado pelas inúmeras mulheres de sua vida, da amante a sua falecida mãe. Com uma estética bela e glamurosa, Nine conta com um grande eleco de ganhadores de Oscars: Daniel Day-Lewis, Nicole Kidman, Marion Cotillard, Judi Dench, Sophia Loren e Penelope Cruz

A Single Man (Tom Ford)

O estilista Tom Ford surpreendeu o público esse ano em com seu primeiro trabalho de direção cinematográfica. A Single Man foi um dos filmes mais elogiado do Festival de Veneza, fazendo Colin Firth ganhar o prémio de Melhor Ator e Tom Ford como melhor diretor.

Precious (Lee Daniels)

É o filme independente que se destacou esse ano (assim como foi com Juno). Precious é a versão cinematográfica do livro “Push”, de Sapphire. O filme atraiu a atenção de Oprah Winfrey, que abraçou o projeto, fazendo o filme se distaciar de um possível esquecimento (destinos de inúmeras obras indies). Precious vai contra todas as tendências do cinema atual, focado em grandes produções e comédias. É a história de Claireece Precious Jones (interpretada por Gabourey “Gabby” Sidibe), uma adolescente obesa, analfabeta, mãe do segundo filho (este produto de um estupro do próprio pai) e espancada pela mãe monstruosa (interpretada pela comediante Mo’nique). O filme chama atenção por outro motivo: a participação de Mariah Carey, quase irreconhecivel, no papel de uma assistente social que tenta ajudar a menina. É um filme forte de grande cunho dramático, porém de alta relevancia do atual cinema alternativo.

Brüno (Larry Charles)

O comediante Sasha Baron Cohen é O HOMEM do atual cinema de humor/consciente, com uma variedade de personagens hilariantes. Com Brüno não foi diferente, tirando sarro dos clichês do mundo gay, moda e música. Pra quem achou que Borat era o supra sumo da loucura de Sasha, vale a pena ver Brüno, com seu corpo
artificialmente projetado e sutaque alemão.

Bastardos Inglórios (Quentin Tarantino)

O slogan mais divulgado na internet, sobre o filme “A 2ª Guerra Mundial pelo ponto de vista de Quentin Tarantino”. Não preciso dizer mais nada!

Watchmen (Zack Snyder)

Zack Snyder quer ser o rei dos nerds! hahaha
O trailer da uma boa expectativa do filme, mas vc não tem ideia de como é o filme toda. Apesar de um tanto cansativo (e de realmente não amglobar todo o poder que tem a graphic novel), Watchman me agradou muito, mas o trailer me agradou mais ainda (Da metade ao final tem a trilha do Muse!!!!!! Morri) =D

2012 (Roland Emmerich)

O filme catástrofe mais recente de Roland Emmerich (O Dia Depois de Amanhã, Godzilla), que fala sobre o fim do mundo em 2012 pelas profecias Maias. O primeiro trailer fala “Como os governantes do planeta poderiam preparar 6 bilhões de pessoas para o fim do mundo? Eles não poderiam!” com cenas, no mínimo aterrorizantes de uma onda cobrindo montanhas no Tibet. Previsão de estréia do filme é 13 de novembro.

Star Trek (J.J. Abrams)

Um dos melhores remakes/continuações do ano. J.J. Abrams veio se consagrar como expoente de TV e cinema!

Exterminador do Futuro: A Salvação (McG)

Bem, eu vi o filme e achei BEM mediano, mas acho que esse é o melhor exemplo de trailer que é melhor que o próprio filme.

Do Começo ao Fim (Aluísio Abranches)

Possívelmente o filme nacional mais comentado do ano, isso meses antes de seu lançamento. Do começo ao fim conta a história de amor proibido entre dois meio irmãos, mas de uma forma sutil e delicada. Sem chocar. Na época do lançamento, o trailer era o mais comentado e discutido, e foi um dos filmes mais aguardados do último festival do Rio. Do Começo ao Fim estréia esse mês em circuito nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *