Seria a morte do MP3?

Pois é!

as maiores gravadoras do planeta – Sony, Warner e Universal – se juntaram para criar um novo formato de armazenamento digital que poderá substituir o MP3 e derivados. O CMX será capaz de armazenar músicas, vídeos, letras, anotações e imagens.

Essa notícia vem como uma bomba no cenário tecnológico digital, principalmente depois do lançamento controverso do Cocktail, um projeto parecido com assinatura da Apple, anúnciado a semanas atrás. Muito foi comentado sobre o lançamento do modelo de Jobs; as gravadoras acusam a Apple de ter criado esse “novo conceito” depois de ter negado uma parceria com elas. Pano pra manga!

Ainda não foi divulgada muitas coisas sobre o CMX, mas o que ja se sabe é que ele deve ser um arquivo clicável, com página inicial e opções, ““Quando clicar nele, você não terá apenas 10 músicas, por exemplo, mas também a arte de capa, o vídeo da música e produtos semelhantes para celular” diz o representantes de uma das gravadoras.

O lançamento esta prevista para novembro, mas com aplicações aqui e ali, para testar aceitação do público e habituar ao novo formato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *