Crítica de Os Mercenários 2

Quando este filme foi anunciado, muitos fãs ficaram malucos tentando imaginar que atores atuariam neste filme depois de todas as participações especiais que tivemos no primeiro filme.

E que surpresa agradável ver que eles souberam escolher bem os atores que iriam participar deste projeto, além da volta de praticamente todo o elenco do primeiro filme e participações efetivas de Schwarzenegger e Bruce Willis nas cenas de ação, agora temos a participação de Van Damme, que não quis participar do primeiro no papel que acabou ficando com Dolph Lundgren, agora aparece nesta continuação como vilão, papel que caiu como uma luva para ele.

Além dele temos a participação especial de Chuck Norris, que simplesmente rouba a cena toda vez que aparece na tela, assim como Schwarzenegger que tem várias tiradas cômicas excelentes, todas elas referentes a carreira de todos os envolvidos da produção.

Diferente do primeiro filme, os Mercenários 2 não se leva tão a sério, permitindo assim mais cenas de ação sem maiores explicações, o que acabou ficando perfeito para o objetivo deste filme que é mostrar o máximo de tempo possível o seu grande numero de astros socando e metralhando seus inimigos, que é o que todos querem ver.

As cenas de ação do filme também estão muito melhores, o diretor Simon West mantém a câmera parada e melhor posicionada durante as batalhas permitindo que nós possamos entender melhor o que está acontecendo na tela, diferente do primeiro filme em que o Stallone deixava tudo confuso com o grande numero de cortes que ele fazia.

Se você é fã de filmes de ação, principalmente os da década de 80, não perca a chance de ir ao cinema e ver porque mesmo com todos eles beirando os 60 ou 70 anos de idade, ainda conseguem chutar bundas melhor que muita gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *